sábado, 13 de julho de 2013

Quando se usa o Adeus.

" Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." [ Fernando Pessoa]
Houve uma época em que dizer "adeus", pesava tanto a alma, que tornava-se difícil caminhar com tal sentimento, mas, percebi que o tempo amadurece não só um fruto amargo, mas transforma também o interior humano.
Sempre quando ando pelas ruas, observo o céu, os carros e principalmente as pessoas, para onde elas vão, se estão felizes, tristes ou cansadas... e percebi que são sempre as mesmas pessoas, com as mesmas expressões, pensando longe, meio cabisbaixos... os mesmos passos, as mesmas horas  e o mesmo olhar! Enquanto isso o céu está sempre diferente, o ar e o vento também, as árvores estão mudando, mas as pessoas.. estão no mesmo lugar.
Hoje, entendi que dizer adeus não é ruim, é uma forma de abrir caminho para novas oportunidads, para novas chances de felicidade, porque faz falta ver a alegria das pessoas. Ah, como a rotina cansa, as vezes é preciso se libertar do casulo, trocar a casca, as roupas, o jeito de pensar...e as vezes é preciso aceitar que em vida, nada se eterniza, justamente, para que a história desse nosso livro, valha a pena ser lida.
Por isso, na próxima vez que tiver que dizer adeus, lembre-se: "Separar-se é dizer bom dia a outra coisa."[Dominique Glocheux- La vie en Rose]


Um comentário: