Who are YOU?

Sim,quem sou eu,e você?
Não é assim que você sempre acaba se perguntando?
Somos é um amontoado de partículas,particularidades e ao mesmo tempo todo mundo e um pouco de tudo.
Mas como é que pode?
Pois,pode.
Pode pegar um pouco de sorriso,
Somar experiências,abraços,desculpas...
Pode chamar tudo de saudade
Pode mudar de vida,de casa,de sonhos...
Pode cantarolar,brincar e ser sério de vez em quando,
e a gente acaba sendo um pouco de cada um que "deixa um pouco de si",porque aquele reflexo no espelho,na verdade,são histórias,que soubemos viver.

Comentários

  1. ... realmente, somos um amontoado de risos, lembranças, saudades, sonhos , vamos orquestrando nossa vida, sempre em busca da mais doce e agradável "melodia" , afinal , o que desejamos é fechar os olhos e nos contentar, daquilo que fizemos, vivemos e somos!
    Eu? Eu ... por exemplo, carrego uma imutável lembrança , dessas q são refletidas em cada sorriso q espalho por aí ... é, obrigado pelos incontáveis motivos que me traz pra ser feliz!
    E vem vem vem vem para letras =)

    A. Neto

    ResponderExcluir
  2. Autobiografia de Graciliano Ramos. Não define, nem esgota o assunto ("quem é você?") . Apenas uma janela posta pro pôr-do-sol, um olhar diferente sem pretensão de ser diferenciado. Bonito texto o seu. Sem mais.
    ===========
    Nasceu em 1892, em Quebrangulo, Alagoas
    Casado duas vezes, tem sete filhos
    Altura 1,75
    Sapato n.º 41
    Colarinho n.º 39
    Prefere não andar
    Não gosta de vizinhos
    Detesta rádio, telefone e campainhas
    Tem horror às pessoas que falam alto
    Usa óculos. Meio calvo
    Não tem preferência por nenhuma comida
    Não gosta de frutas nem de doces
    Indiferente à música
    Sua leitura predileta: a Bíblia
    Escreveu Caetés com 34 anos de idade
    Não dá preferência a nenhum dos seus livros publicados
    Gosta de beber aguardente
    É ateu. Indiferente à Academia
    Odeia a burguesia. Adora crianças
    Romancistas brasileiros que mais lhe agradam: Manoel Antônio de Almeida, Machado de Assis, Jorge Amado, José Lins do Rego e Rachel de Queiroz
    Gosta de palavrões escritos e falados
    Deseja a morte do capitalismo
    Escreveu seus livros pela manhã
    Fuma cigarros Selma (três maços por dia)
    É inspetor de ensino, trabalha no "Correio do Manhã"
    Apesar de o acharem pessimista, discorda de tudo
    Só tem cinco ternos de roupa, estragados
    Refaz seus romances várias vezes
    Esteve preso duas vezes
    É-Ihe indiferente estar preso ou solto
    Escreve à mão
    Seus maiores amigos: Capitão Lobo, Cubano, José Lins do Rego e José Olympio
    Tem poucas dívidas
    Quando prefeito de uma cidade do interior, soltava os presos para construírem estradas
    Espera morrer com 57 anos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Se me perguntarem por onde andei, direi que estava sendo feliz...

Dias e dias...

Fantasticamente em Branco e vermelho